terça-feira, abril 22, 2008 | Autor: Ebenézer Teles Borges

Lembrei-me esta semana, daquela velha história de uma mãe judia, separando-se do filho convocado para servir o exéricito do czar contra os turcos:

"Não se dedique demais" aconselhava ao filho, "mate um turco e descanse; mate outro turco e descanse outra vez".

"Mas mamãe", diz o filho " e se o turco me matar?"

"Matá-lo?" Ela grita indignada, "Por quê? que mal você fez a ele?"



Referência:

Acompanhe as postagens desse blog por meio de RSS 2.0 feed. Você pode deixar uma resposta ou comentário de seu próprio site.

2 comentários:

On 23 de abril de 2008 10:16 , Cleiton Heredia disse...

Essa foi boa!

Que bom que você está de volta!

Poste sempre, nem que seja para contar uma piada.

Abraços.

 
On 23 de abril de 2008 17:57 , CONVICTOS OU ALIENADOS? disse...

Hum!

Essa foi boa!

O curioso é que existem situações assim, não é?

Abraços.

 
Related Posts with Thumbnails