terça-feira, agosto 30, 2011 | Autor: Ebenézer Teles Borges

Depois de uma agradável viagem de São Paulo à Londrina, chegamos à cidade no momento em que o sol se despedia. O dia havia sido quente e o calor parecia tornar a cidade e as pessoas mais abertas, agradáveis e alegres. Minha esposa e eu ficamos com uma impressão muito positiva da cidade e do povo de Londrina.

Quanto à maratona, dois atrativos me motivaram a participar dela: O horário da largada (7:00h) e a referência ao "trajeto cuidadosamente planejado" pela organização, conforme página inicial do site do evento. Pensei que o percurso seria plano, mas estava enganado. O percurso foi desafiador. Uma sucessão de subidas e descidas, com predomínio de descida na primeira metade e de subida na metade final.

A largada ocorreu às 7:08h, numa manhã de céu azul, sem nuvens e sol agradável. A organização foi quase impecável.  Água em abundância e vários pontos de gatorade, gel de carboidrato, coca-cola e azeitona. O staff contava também com ciclistas que iam e vinham ao longo do percurso apoiando, servindo água e verificando o estado dos corredores. Realmente, muito bom!

Como não havia feito nenhum treino longo, eu sabia que chegaria bem à metade da prova, mas a partir dali seria uma incógnita e um desafio. Fiz a primeira metade (21,1 Km) em 1:48:30h, com batimentos cardíacos em torno de 155 e desconforto nos pés causado pelo tênis.

A segunda metade foi complicada. Precisei de 2:18:51h para completá-la. A corrida se tornou monótona com poucos corredores em ruas quase desertas ou margeando rodovias, sempre num sobe e desce sem fim.

Comecei a sentir vontade de parar no Km 25, mas resisti até o 30. A partir daí foi um festival de anda e pára até o final da prova.

Lá pelo km 38, em meio a uma longa subida, fui ultrapassado por um senhor de mais de setenta anos. Pensei bastante e tomei a decisão de nunca mais participar de uma maratona.

Concluí em 4:07:21h.

No dia seguinte, já mais refeito, voltei a considerar a possibilidade de correr a Maratona de Porto Alegre, ou a do Rio, ou a das Águas, ou uma fora do Brasil...

Categoria: |
Acompanhe as postagens desse blog por meio de RSS 2.0 feed. Você pode deixar uma resposta ou comentário de seu próprio site.

2 comentários:

On 30 de agosto de 2011 17:13 , CONVICTOS OU ALIENADOS? disse...

Vou tomar um suco ou água de coco. Só de ler a sua aventura em me sinto muito consado.

Enéias

 
On 31 de agosto de 2011 19:27 , Edleuza disse...

Só quem é louco ou muito persistente enfrenta maratonas - você se encaixa no segundo. Parabéns!

 
Related Posts with Thumbnails