terça-feira, junho 08, 2010 | Autor: Ebenézer Teles Borges
Com a palavra, o sábio Chuang Tzu:


Uma vez eu sonhei que era uma borboleta,
voando entre as flores e arbustos do jardim.

Tudo era tão concreto e real
que em momento nenhum do meu sonho suspeitei que a borboleta era eu
ou que eu fosse a borboleta.

Para todos os efeitos possíveis e imagináveis,
eu era, eu agia e eu realmente me sentia uma borboleta,
cumprindo o destino de uma borboleta qualquer.

De repente, eu acordei
e lá estava eu, sendo a pessoa que eu sempre fui
- ou que sempre imaginei ser.
Sei muito bem
que entre um homem e uma borboleta
há tantas diferenças fundamentais e insuperáveis
que a transformação de um no outro
é algo simplesmente impossível de acontecer no mundo real.

É por isso que, desde então,
eu nunca mais tive sossego
quanto à minha verdadeira identidade.
Pois não há nada que me permita saber,
com toda certeza e rigor,
sem nenhuma margem de dúvida,
se eu sou verdadeiramente um homem,
que um dia sonhou que era uma borboleta,
ou se eu sou uma borboleta,
sonhando que é um homem.

Link
Atenção: As imagens exibidas neste post são de autoria de Douglas Reis (Douglas Reis Studio)



Categoria: , |
Acompanhe as postagens desse blog por meio de RSS 2.0 feed. Você pode deixar uma resposta ou comentário de seu próprio site.

4 comentários:

On 9 de junho de 2010 11:06 , Cleiton Heredia disse...

Se você for uma borboleta sonhando que é homem é bom acordar já, pois dependendo da espécie de borboleta que for, viverá apenas de 2 semanas a 3 meses.

 
On 9 de junho de 2010 20:52 , CONVICTOS OU ALIENADOS? disse...

Lembro-me de um pensador, creio que Hobbes, que num dado momento se perguntou se tudo o que vemos existe ou se sobrou apenas uma mente que projeta tudo o que pensamos existir, incluindo nós mesmos...

 
On 10 de junho de 2010 14:42 , Edleuza disse...

Não sei o que é melhor: se o texto em si, ou se os comentários...

Definitivamente, acredite, você não é uma borboleta, você é um loro.

 
On 21 de junho de 2011 09:34 , Douglas Reis disse...

Bom dia Ebenézer Teles Borges, tudo bom?

Notei que nesse post você usou uma de minhas ilustrações, essa do homem e a borbolta. Eu agradeço pelo reconhecimento! No meio de tantas ilustrações desse gênero que tem por ai você escolheu justo a que fiz. Fiquei feliz por isso!
Mas vamos ao esclarecimento de um ponto um tanto polêmico: diferente do que muita gente pensa, imagens encontradas via pesquisa
google não são necessariamente gratuitas, elas apareceram na pesquisa vindas de sites ou blogs de outras pessoas, e normalmente tem direitos autorais. Inclusive eu coloco um aviso no meu próprio blog alertando para isso, principalmente se for uso comercial da imagem.

No meu caso, quando há um uso não comercial, e eu vi que seu blog é voltado é completamente pessoal, não há problema algum em usar a imagem, contanto que você dê os devidos créditos (nome e link clicável para meu blog), assim as pessoas saberão quem fez a ilustração. É uma troca, se você gostou tanto da imagem e vai usá-la acho que eu também mereço ganhar umas visitas em troca do trabalho que tive pra gerar a imagem, não é mesmo? :)

E é isso meu caro, espero que tenha um ótimo dia e se tiver qualquer dúvida é só me perguntar, ok?

Um abraço!
Douglas Reis

 
Related Posts with Thumbnails