sábado, março 15, 2008 | Autor: Ebenézer Teles Borges
O último sábado do verão amanheceu com cara de inverno. Olhei pela janela do quarto e saudei o dia que acabara de nascer. Observei que o sol, mais preguiçoso que eu, ainda estava deitado e se escondia sob espesso cobertor de nuvens plúmbeas. Por um breve instante me senti tentado a lhe seguir o exemplo e retornar à cama, agasalhar-me sob a manta quente e aconchegante e dar vazão ao ócio, aproveitando o sábado (que significa "descanso") para me recuperar da semana exaustiva que chegava ao fim.

Mas, se por um lado o corpo se sentia seduzido por cama e repouso, por outro, a mente se mostrava inquieta e faminta por ação. Ainda bem que ação mental combina com inércia corporal e assim, reconciliado interiormente, pus-me a pensar e, em seguida, a entreter um diálogo amistoso e sereno com minha esposa, diálogo esse que se enveredou pelos meandros da lingüística e da crítica textual. Reconheço que, para muitos, tal assunto não seria objeto de conversa serena e agradável, e sim um tema acre, maçante e impróprio para uma manhã de sábado. Não é esse o nosso caso. Minha esposa é especialista em língua portuguesa e lingüística e eu sofro de uma atração (quase) insana por línguas (quase) mortas, como grego antigo, latim, hebraico e o brasileiríssimo tupi. E foi nessa conversa amistosa que a ouvi repetir uma interessante definição de leitura, sobre a qual gostaria de refletir um pouco: "Ler é atribuir sentido".

Ler não é apenas decifrar um código. Decifrar implica em conhecer a correspondência entre um conjunto de símbolos gráficos e seu equivalente valor fonético-visual. Em outras palavras, decifrar é tão somente decodificar. Dá-se o nome de "analfabeto funcional" a quem consegue somente decodificar a escrita sem, contudo, interpretar o sentido do texto como um todo. No Brasil, por exemplo, embora o percentual de analfabetos seja de apenas 11,8%, o índice de analfabetismo funcional é assustador, chegando a 75% da população.

Toda essa conversa sobre leitura e atribuição de sentido derivou de um comentário inicial a respeito do texto bíblico. Nossa formação religiosa nos ensinara a enxergar a Bíblia como um livro especial, tanto em sua concepção quanto em sua preservação ao longo das eras. Por muito tempo cremos na existência de uma verdade exarada em suas páginas. Assim sendo, suas palavras e textos encerravam, em si mesmas, verdades preservadas milagrosamente e que, se entendidas "corretamente", poderiam explicar o enigma da vida, elucidar os mistérios do passado e desvelar os segredos do futuro. Em contraposição a essa crença, a realidade nos apresentava um panorama diferente, de contradição dentro da própria comunidade crente, de falta de consenso quanto à interpretação "verdadeira" e "indiscutível" do texto bíblico. Há centenas de denominações religiosas cristãs, todas supostamente fundamentadas na Bíblica, cada uma com suas peculiaridades que as põem em rota de colisão com as demais. O cenário, como um todo, é caótico, isto é, há tantas diferenças interpretativas, que inviabilizam a união dessas igrejas em torno de um corpo doutrinário comum, apoiado no texto bíblico, que é único.

A conclusão a que chego é que ou o "verdadeiro sentido" não é atributo inerente ao texto (ou "apenas" ao texto), ou de fato "ler é atribuir sentido". Nesse caso, cada pessoa letrada (excluem-se aqui os analfabetos funcionais) interpreta o texto bíblico em conformidade com sua essência, na qual se incluem vários fatores: lingüísticos, cognitivos, históricos, socioculturais, interacionais, entre outros [1]. Para confirmar essa suspeita, vou recorrer à exemplificação. Temo, contudo, que este exemplo não seja plenamente compreendido por aqueles que não têm intimidade com o texto bíblico e com as tradições cristãs. Se for esse o seu caso, peço-lhe desculpas, antecipadamente. Tentarei ser didático, estruturando o exemplo em duas partes: (1) citarei um texto bíblico contendo palavras atribuídas a Jesus e (2) apresentarei uma leitura, isto é, uma atribuição de sentido amplamente aceita num passado recente, e atualmente descartada.

Parte 1 – Palavras de Jesus:

"Aprendei, pois, a parábola da figueira: quando já os seus ramos se renovam e as folhas brotam, sabeis que está próximo o verão. Assim também vós: quando virdes todas estas coisas [isto é, guerras, terremotos etc.], sabei que está próximo, às portas [isto é, Jesus em breve voltará à terra]. Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que tudo isto aconteça. O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar" (Mt 24.32-35).

Parte 2 – Busca do sentido do texto.

Qual é o "verdadeiro" sentido dessa parábola? ("parábola" é uma narrativa alegórica que transmite uma mensagem indireta). Como entendê-la e interpretá-la?

Hall Lindsey, famoso evangelista e escritor cristão, expôs sua interpretação desse texto num livro que se tornou campeão de vendas nas décadas de 70 e 80: "A Agonia do Grande Planeta Terra". Tive a oportunidade de ler essa obra em algum momento da década de 1980. Resumidamente ele concluiu o seguinte:

1. Parábola da Figueira – A palavra "figueira" é usada diversas vezes na Bíblia como uma imagem da nação de Israel. Hall Lindsey assumiu que, nessa parábola, a figueira é, de fato, Israel.

2. Quando os ramos da figueira se renovarem e as folhas brotarem... – Israel (a figueira), após um período de inverno, isto é, de inexistência política reconhecida, voltaria à vida, voltaria a florescer como nação. Isso, segundo ele, aconteceu em 1948 quando o estado de Israel foi criado e legitimado pela ONU.

3. Não passará essa geração sem que tudo se cumpra, isto é, sem que Jesus volte – Ele se perguntou: quanto dura uma geração em termos bíblicos? Aproximadamente quarenta anos, foi a resposta assumida. O resto é aritmética básica: 1948 + 40 = 1988. Portanto, o fim desta civilização e o regresso de Jesus à terra deveriam ocorrer em algum momento até 1988, quarenta anos após a reemergência de Israel como nação.

4. Passarão os céus e a terra, mas não as minhas [de Jesus] palavras – Eis aqui a garantia de que isso, de fato, aconteceria.

Considerações finais...

Estamos em 2008, vinte anos após a data limite sugerida por Hall Lindsey, e Jesus ainda não voltou. Cabe aqui refazer a pergunta: qual é o sentido dessa parábola contada pelo Mestre?

Ao longo da História, certamente houve várias interpretações diferentes - e divergentes - desse texto. Cada leitor, movido por convicções sinceras e sentimentos verdadeiros, atribuiu a ele um determinado sentido. Apesar disso, ouso afirmar que esse texto permanece virgem, instigante e disponível a quem o queira ler. Cada novo leitor o verá com novos olhos e, nessa interação, um novo sentido poderá aflorar... Parece magia. Recriação. Renovação. Mas é apenas leitura, afinal, "ler é atribuir sentido".

Referências:
[1] Alfabetização e Construção de um Sentido na Produção Textutal -
www.cereja.org.br/arquivos_upload/Cleusa%20Maria%20AMatos_out2005.pdf
Acompanhe as postagens desse blog por meio de RSS 2.0 feed. Você pode deixar uma resposta ou comentário de seu próprio site.

16 comentários:

On 16 de março de 2008 20:08 , CONVICTOS OU ALIENADOS? disse...

Excelente texto. Suas postagens precisam ser mais constantes.

Abraços.

 
On 17 de março de 2008 11:27 , Cleiton Heredia disse...

Diante de sua postagem me pergunto: Seria possível atribuirmos o verdadeiro significado às Escrituras, quando nem entre nós (adventistas) existe consenso?

Alguns adventistas enxergam na Bíblia a Trindade, outros não. Alguns são pré-lapsarianos outros pós. Alguns interpretam Daniel da forma tradicional, outros, tais como Desmond Ford, possuem uma outra interpretação. E por aí vai.

O Búllon, por exemplo, interpreta a árvore da ciência do bem e do mal como tendo sido substituída pelo dízimo: Deus disse para não tocar e se desobedecer sofre as consequências. Alguns consideram tal atribuição de sentido como uma tremenda forçada de barra.

Um dos livros que quero ler ainda este ano é "O que Jesus disse e o que Jesus não disse". Dizem que é uma crítica textual muito interessante.

 
On 23 de março de 2008 00:38 , Edleuza disse...

Não faz muito tempo que tenho aprendido que o atribuir sentido à vida está apenas em nossas mãos: sentir-se feliz (ou triste!), construir momentos dignos de serem vividos e relembrados, depende apenas de nós... Nossas conversas, essa troca deliciosa de idéias, tem valido a pena.
Com carinho...

 
On 4 de abril de 2009 10:55 , Ademir disse...

amigo segundo o salmo 90 geração e o tempo de vida de uma pessoa que varia entre 70 e 80 anos e não somente 40 anos,

 
On 6 de abril de 2009 21:19 , Ebenézer Teles Borges disse...

Olá Admir,

Obrigado pelo comentário. Quando redigi esse post, preocupei-me em apresentar as idéias de "Hall Lindsey" (das quais discordo) sem entrar nos méritos de cada argumento. Ele trabalhou com gerações de 40 anos e me limitei em citá-lo.

Quanto ao seu argumento, ancorado no salmo 90, parece-me,no mínimo, questionável. Penso que "geração" e "expectativa de vida" sejam medidas diferentes. Entendo que este salmo esteja discorrendo sobre expectativa (ou esperança) de vida do ser humano.

E já que estamos usando a Bíblia como referência, é bom lembrar que o livro de Êxodo sugere 40 anos como o período aproximado de uma geração. Esse foi o tempo necessário para que a geração que saiu do Egito morresse no deserto, sem herdar a terra prometida..

Como você pode ver, há controvérsias.

Um abraço.

 
On 7 de abril de 2009 00:10 , Edleuza disse...

Interessante... hoje, revendo seus textos que falam (também) de textos, leituras e atribuição de sentido, deparei-me com este. Aliás, muito bem escrito, argumentação coerente e ótima articulação da linguagem.

Não é curioso como cada um lê os textos e a vida com os olhos que tem? Sempre haverá controvérsias, interpretações diferentes... tudo depende do parâmetro escolhido, do ponto de vista que se quer defender.

E por falar em 40, esse é um número bem simbólico/significativo nas Escrituras, não?

Um abraço!

 
On 1 de julho de 2010 15:59 , Arnaldo Ribeiro disse...

REVELAÇÃO/EXORTAÇÃO
Urge difundirmos na terra, a certeza de que Jesus Cristo já vive agindo entre nós, espargindo a luz do saber em sí, criando Irmãos Espirituais, e a nova era Cristã. Eu não minto, e a Espiritualidade que esperava pela sua volta, pode comprovar que digo a verdade. Por princípio, basta recompormos as 77 letras e os 5 sinais que compõe o título do 1º. livro bíblico, assim: O PRIMEIRO LIVRO DE MOISÉS CHAMADO GÊNESIS: A CRIAÇÃO DOS CÉUS E DA TERRA E DE TUDO O QUE NÊLES HÁ: Agora, pois, todos já podem ver que: HÁ UM HOMEM LENDO AS VERDADES DO SEU ESPÍRITO: ÊLE É O GÊNIO CRIADOR QUE ESSA AÇÃO DE CRISTO: (LC.4.21) – Então passou Jesus a dizer-lhes: Hoje se cumpriu a escritura que acabais de ouvir: (JB.14.17) – O Espírito da verdade que o mundo não pode receber, porque não no vê, nem conhece, vós o conheceis; porque Ele habita convosco e estará em vós. – Regozijemo- nos ante a presença do Nosso Senhor, e façamos jus ao poder que o Filho do Homem traz às Almas Justas, para a formação da verdadeira Cristandade.

(MT.26.24) – O FILHO DO HOMEM VAI, COMO ESTÁ ESCRITO A SEU RESPEITO, MAS AI DAQUELE POR INTERMÉDIO DE QUEM O FILHO DO HOMEM ESTÁ SENDO TRAIDO! MELHOR LHE FÔRA NÃO HAVER NASCIDO:

E, ao recompormos as 130 letras e os 7 sinais que compõem esse texto, todos já podem ler, saber, e entender quem é o Filho do Homem:

E O FILHO DO HOMEM É O ESPÍRITO QUE TESTA AS ALMAS DO HOMEM E DA MULHER, NA VERDADE DO SENHOR, COMO CRISTO: E EIS A PROVA QUE O FILHO DO HOMEM FOI TREINADO NA LEI CRISTÃ:

(MC.14.41) – Chegou a hora, o Filho do Homem está sendo entregue nas mãos dos pecadores: E hoje, quem quiser interagir com o Filho do Homem Imortal, deve buscar “A Bibliogênese de Israel”, que já está disponível na internet (Editora Biblioteca 24x7). E quem não quiser, pode continuar vivendo de esperança vã, assistindo passivamente a agonia da vida terrena, à par da auto-destruição do nosso planeta...

 
On 1 de julho de 2010 16:00 , Arnaldo Ribeiro disse...

GN.49.1) – AJUNTAI-VOS E EU VOS FAREI SABER O QUE VOS HÁ DE ACONTECER NOS TEMPOS VINDOUROS:(TB.12.6) – BENDIZEI AO DEUS DO CÉU, E DAÍ-LHE GLÓRIA DIANTE DE TODOS OS VIVENTES, POR TER USADO CONVOSCO DA SUA MISERICÓRDIA: O seu poder há de espiritualizar as almas de todos os Homens de bom senso, e de todas as Mulheres de boa fé; que alcançaram a verdade cientifica revelada na “EXORTAÇÃO DO SABER”; e que também já passaram a interagir com o Cristo Vivo, ao publicarem o chamamento que o nosso Pai Comum tem feito aos Filhos e Filhas do amor eterno, e que já começaram a renascer espiritualmente para a vida eterna.

Aqueles que buscaram as boas novas na “Bibliogenese de Israel”, já vislumbraram a herança espiritual que a Providência Divina nos legou, e também já saberão se auto-reciclar na Lei do Senhor que nos impõe a recomposição da literatura bíblica, para formar os Cristãos Conscientes que hão de consumar a Profecia Sagrada, conforme já tem sido demonstrado, assim:

(EX.) – O SEGUNDO LIVRO DE MOISÉS CHAMADO ÊXODO: OS DESCENDENTES DE JACÓ NO EGITO. Estas 60 letras e 5 sinais recompostos, revelam que: É O CONJUNTO DE EX-SEGRÊDOS: O LEGADO DE VIDA CÓSMICA E O DESTINO DOS HOMENS.

Outro exemplo:

(JR) – JEREMIAS: A VOCAÇÃO DE JEREMIAS. São 26 letras e 3 sinais que dizem: CRIEI A AÇÃO DO SER: VEJAM E SEJAM.

(JB.29.22) - RECEBEI O ESPÍRITO SANTO! (1CO.11.1) – SEDE MEUS IMITADORES COMO TAMBÉM EU SOU DE CRISTO.

(Na verdade, Deus nos concedeu o livre arbítrio, a fim de que pudessemos agir tanto divinamente, como diabolicamente; segundo a nossa formação, na proporção da nossa graça em Cristo Jesus).

 
On 1 de julho de 2010 16:00 , Arnaldo Ribeiro disse...

GN.49.1) – AJUNTAI-VOS E EU VOS FAREI SABER O QUE VOS HÁ DE ACONTECER NOS TEMPOS VINDOUROS:(TB.12.6) – BENDIZEI AO DEUS DO CÉU, E DAÍ-LHE GLÓRIA DIANTE DE TODOS OS VIVENTES, POR TER USADO CONVOSCO DA SUA MISERICÓRDIA: O seu poder há de espiritualizar as almas de todos os Homens de bom senso, e de todas as Mulheres de boa fé; que alcançaram a verdade cientifica revelada na “EXORTAÇÃO DO SABER”; e que também já passaram a interagir com o Cristo Vivo, ao publicarem o chamamento que o nosso Pai Comum tem feito aos Filhos e Filhas do amor eterno, e que já começaram a renascer espiritualmente para a vida eterna.

Aqueles que buscaram as boas novas na “Bibliogenese de Israel”, já vislumbraram a herança espiritual que a Providência Divina nos legou, e também já saberão se auto-reciclar na Lei do Senhor que nos impõe a recomposição da literatura bíblica, para formar os Cristãos Conscientes que hão de consumar a Profecia Sagrada, conforme já tem sido demonstrado, assim:

(EX.) – O SEGUNDO LIVRO DE MOISÉS CHAMADO ÊXODO: OS DESCENDENTES DE JACÓ NO EGITO. Estas 60 letras e 5 sinais recompostos, revelam que: É O CONJUNTO DE EX-SEGRÊDOS: O LEGADO DE VIDA CÓSMICA E O DESTINO DOS HOMENS.

Outro exemplo:

(JR) – JEREMIAS: A VOCAÇÃO DE JEREMIAS. São 26 letras e 3 sinais que dizem: CRIEI A AÇÃO DO SER: VEJAM E SEJAM.

(JB.29.22) - RECEBEI O ESPÍRITO SANTO! (1CO.11.1) – SEDE MEUS IMITADORES COMO TAMBÉM EU SOU DE CRISTO.

(Na verdade, Deus nos concedeu o livre arbítrio, a fim de que pudessemos agir tanto divinamente, como diabolicamente; segundo a nossa formação, na proporção da nossa graça em Cristo Jesus).

 
On 1 de julho de 2010 16:01 , Arnaldo Ribeiro disse...

GN.49.1) – AJUNTAI-VOS E EU VOS FAREI SABER O QUE VOS HÁ DE ACONTECER NOS TEMPOS VINDOUROS:(TB.12.6) – BENDIZEI AO DEUS DO CÉU, E DAÍ-LHE GLÓRIA DIANTE DE TODOS OS VIVENTES, POR TER USADO CONVOSCO DA SUA MISERICÓRDIA: O seu poder há de espiritualizar as almas de todos os Homens de bom senso, e de todas as Mulheres de boa fé; que alcançaram a verdade cientifica revelada na “EXORTAÇÃO DO SABER”; e que também já passaram a interagir com o Cristo Vivo, ao publicarem o chamamento que o nosso Pai Comum tem feito aos Filhos e Filhas do amor eterno, e que já começaram a renascer espiritualmente para a vida eterna.

Aqueles que buscaram as boas novas na “Bibliogenese de Israel”, já vislumbraram a herança espiritual que a Providência Divina nos legou, e também já saberão se auto-reciclar na Lei do Senhor que nos impõe a recomposição da literatura bíblica, para formar os Cristãos Conscientes que hão de consumar a Profecia Sagrada, conforme já tem sido demonstrado, assim:

(EX.) – O SEGUNDO LIVRO DE MOISÉS CHAMADO ÊXODO: OS DESCENDENTES DE JACÓ NO EGITO. Estas 60 letras e 5 sinais recompostos, revelam que: É O CONJUNTO DE EX-SEGRÊDOS: O LEGADO DE VIDA CÓSMICA E O DESTINO DOS HOMENS.

Outro exemplo:

(JR) – JEREMIAS: A VOCAÇÃO DE JEREMIAS. São 26 letras e 3 sinais que dizem: CRIEI A AÇÃO DO SER: VEJAM E SEJAM.

(JB.29.22) - RECEBEI O ESPÍRITO SANTO! (1CO.11.1) – SEDE MEUS IMITADORES COMO TAMBÉM EU SOU DE CRISTO.

(Na verdade, Deus nos concedeu o livre arbítrio, a fim de que pudessemos agir tanto divinamente, como diabolicamente; segundo a nossa formação, na proporção da nossa graça em Cristo Jesus).

 
On 1 de julho de 2010 16:02 , Arnaldo Ribeiro disse...

O ESPÍRITO DOS SANTOS PROFETAS DESPERTA OS DISCIPULOS DO CRISTO VIVO, REVELANDO O QUE ESTÁ ESCONDIDO NAS PARÁBOLAS BÍBLICAS: (RM.9.1) – Digo a verdade em Cristo, não minto, testemunhando comigo, no Espírito Santo, a minha própria consciência:
(MT.15.18) – E chamando Jesus os seus discípulos, disse: (MC.14.41) Ainda dormis e repousais? Basta! (LC.8.10) - A vós outros é dado conhecer os mistérios do reino de Deus; aos demais, fala-se por parábolas, para que, vendo, não vejam, e, ouvindo, não entendam: (2CO.10.7) – Observai o que está evidente, na recomposição das 116 letras e dos 4 sinais, que compõem esta parábola:
(AP.2.7) – QUEM TEM OUVIDOS OUÇA O QUE O ESPÍRITO DIZ ÀS IGREJAS:AO VENCEDOR DAR-LHE-EI QUE SE ALIMENTE DA ÀRVORE DA VIDA, QUE SE ENCONTRA NO PARAÍSO DE DEUS:
(LC,20.17) – Que quer dizer, pois, o que está escrito? Quer dizer que hoje podemos ler, entender e saber ensinar que:
AGORA O CRISTO VIVO ESCREVE ENSINANDO O HOMEM A SER DE DEUS: QUER QUE O ESPÍRITO QUE É DONO DA VERDADE, ESPIRITUALIZE A ALMA QUE É DONA DA JUSTIÇA:
(JB.14.1) – Não se turbe o vosso coração, credes em Deus, crede também em mim; (EC.12.14) – porque Deus há de trazer a juízo todas as obras, até mesmo as que estão escondidas, quer sejam boas quer sejam más. (JB.21.14) – Este é o discípulo que dá testemunho destas cousas e que as escreveu, e sabemos que o seu testemunho é verdadeiro; (IS.28.26) pois o seu Deus assim o instrui devidamente e o ensina.

 
On 1 de julho de 2010 16:03 , Arnaldo Ribeiro disse...

O ALTISSIMO JÁ FAZ JUSTIÇA NA TERRA COM A DESTRA DO CRISTO:
(JR.33.2) – Assim diz o Senhor que faz estas cousas, o Senhor que as forma para as estabelecer (Senhor é o seu nome): (JÓ.9.19) Se se trata da força do Poderoso, ele dirá: Há meio século eu me tornei escravo da liberdade do meu próprio Ser em Cristo, empenhado em esquadrinhar o Tratado Bíblico, no afã de me preparar como Guia dos Guias espirituais, para poder conduzir o povo de Deus à terra prometida. Tenho testado as almas nessa fé, e muitas terão dificuldades em alcançar a relevância dessa obra, dado a sua complexidade aliada à descrença reinante nessa terra pagã e sem futuro. Mas Deus é testemunho de que é com a mais pura das intenções que exorto o estudo acurado da nossa bibliogênese; porque sei que essa humanidade infiel e pervertida, já não poderá subsistir sem o conhecimento que Jesus nos passa através dela.
(LV.17.12) – Portanto, tenho dito aos filhos de Israel: (SL.5811) – Na verdade, há recompensa para o justo, há um Deus, com efeito, que julga na terra: (1CO.9.3) – A minha defesa perante os que me interpelam é esta: É o Espírito Santo que revela ao mundo o ex-segredo guardado nas 98 letras e 7 sinais desta parábola:

(NM.16.28) – ENTÃO, DISSE MOISÉS: NISTO CONHECEREIS QUE O SENHOR ME ENVIOU A REALIZAR TODAS ESTAS OBRAS, QUE NÃO PROCEDEM DE MIM MESMO:

(MC.14.27) – Todos vós vos escandalizareis porque está escrito:

E CRISTO DIZ AOS HOMENS CONSCIENTES: ESTÃO VENDO QUE ESSE SER É MEU ESPÍRITO EM ARNALDO RIBEIRO, NAS MÃOS DO HOMEM QUE AMA.

(GL.4.16) – Tornei-me, porventura, vosso inimigo, por vos dizer a verdade? (JÓ.19.4) – Embora haja eu, na verdade, errado, comigo ficará o meu erro. (1CO.4.3) – Todavia, a mim mui pouco se me dá de ser julgado por vós ou por tribunal humano, nem eu julgo a mim mesmo; (1CO.4.3) – porque se julgássemos a nós mesmos, não seriamos julgados. (2CO.5.10) – Importa que compareçamos perante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o bem ou o mal que tiver feito por meio do corpo.(HB.10.30) – Óra, nós conhecemos Aquele que disse: A mim pertence a vingança, Eu retribuirei.

 
On 1 de julho de 2010 16:04 , Arnaldo Ribeiro disse...

O SABER LER A SI:
(ES.12.1)
(AP.13.18) – AQUI ESTÁ A SABEDORIA: AQUELE QUE TEM ENTENDIMENTO CALCULE O NUMERO DA BESTA, POIS É NÚMERO DE HOMEM: ORA ESSE NÚMERO É SEISCENTOS E SESSENTA E SEIS: (AR.119.9)

(ISRAEL é o nome do Homem que sabe LER A SI no Espírito Bíblico: Aqui o saber acaba com as cogitações infundadas que existiam acerca do número 666 do Apocalipse, pois o que está escondido nas 131 letras e 10 sinais que compõem o texto acima, é isto):

ARNALDO RIBEIRO É ISRAEL: É O HOMEM QUE NASCEU NO CÉU, QUE AMA E SABE TESTAR AS ALMAS NO SEU NOME: E ELE ENTENDE QUE CRISTO TESTA DEUSES E DIABOS NESSE MESMO ESPÍRITO. (IL.131.7)

(Matéria transcrita da página 138 de “A Bibliogênese de Israel”)

 
On 1 de julho de 2010 16:06 , Arnaldo Ribeiro disse...

BUSCANDO ÈLOS ESPIRITUAIS DO AMOR ETERNO:
Na verdade, o nosso Criador já consagrou essa Criatura louca, que se auto-criou como “o primeiro elo espiritual de Deus da nova era”, pelo poder da sua fé consciente, e que vem agindo como tal para religar o céu e a terra, para unir os irmãos espirituais em Cristo, trabalhando na obra comum da nossa criação.

Com 60 letras e 6 sinais os Profetas escreveram na Bíblia:

(2SM) – O SEGUNDO LIVRO DE SAMUEL: DAVI RECEBE A NOTICIA DA DERROTA E MORTE DE SAUL:

Com estes mesmos caracteres escreveram na Bibliogênese:

DEUS TEM SEU ELO DE VERDADE NA VIDA: ARNALDO RIBEIRO AGE E LUTA COMO CRISTO:

Agora eu também já formalizo esta Convocação Divina, recompondo as 48 letras e os 5 sinais deste título bíblico, assim:

(LM)–LAMENTAÇÕES DE JEREMIAS: JERUSALÉM, DESTRUIDA E DESOLADA:

Meus Irmãos de fé:

SEJAM ÈLOS DE MIM NA TERRA, SERÃO LEALDADE E JUSTIÇA DE DEUS:

(MT.25.37) – Então perguntarão os Justos: Até quando os manipuladores da mídia se comportarão como cegos, surdos e mudos, ante à incontestável presença de Jesus Cristo entre nós, a despeito das evidências expostas na internet? Até quando privarão o grande público desse saber viver em Cristo, perpetuando a ignorância, a exploração desavergonhada, e o sofrimento do nosso povo? (JÓ.19.7) - Eis que clamo: Violência! Mas não sou ouvido: Grito: Socorro! Porém não há Justiça! (JÓ.21.14) - E são estes os que disseram è Deus: Retira-te de nós! Não desejamos conhecer os teus caminhos; (1PE.4.5) – os quais hão de prestar contas Àquele que é competente para julgar vivos e mortos! (LC.11.17) – E sabendo ele o que se lhes passava pelo espírito, disse-lhes: (MT.17.17) – Ó geração incrédula e perversas! Até quando estarei convosco? Até quando vós sofrerei? (LC.825) – Onde está a vossa fé?

 
On 24 de setembro de 2010 14:14 , Arnaldo Ribeiro disse...

REPATRIANDO PARA JERUSALÉM O POVO DE ISRAEL QUE PERMANECIA EXILADO NA BABILÔNIA ATÉ O DIA 30.09.1985:
Até então poucos entendiam o significado disto: (AP.17.5) – BABILÔNIA, A GRANDE, A MÃE DAS MERETRIZES E DAS ABOMINAÇÕES DA TERRA:(IS.16.14) – AGORA, PORÉM, O SENHOR FALA E DIZ: (LE.1.12) – EU, O PREGADOR, VENHO SENDO REI DE ISRAEL EM JERUSALÉM; (JÓ.34.30) – PARA QUE O IMPIO NÃO REINE E NÃO HAJA QUEM ILUDA O POVO: (JR.29.20) – OUVI, POIS. A MINHA PALAVRA, TODOS VÓS, OS QUE ENVIEI DE JERUSALÉM PARA O EXILIO DA BABILÔNIA; (1PE.4.17) – PORQUE A OCASIÃO DE COMEÇAR O JUÍZO PELA CASA DE DEUS É CHEGADA: (LV.17.12) PORTANTO, TENHO DITO AOS FILHOS DE ISRAEL: Agora todo mundo entenderá que os donos da mídia, os ateus, e todos aqueles que escondem da nossa gente a herança que o poder da fé tem legado aos futuros Cristãos, através da Bibliogênese de Israel; JÁ PASSARAM A SER PECADORES CONSCIENTES, pois sabem que perpetuam a ignorância dos inconscientes da Babilônia, que continuarão praticando o mal da mentira, da idolatria, da imoralidade, da prostituição, dos casamentos ilícitos, do aborto, da corrupção, da injustiça, da violência e de muitos outros pecados abomináveis; que têm infernizado a vida terrena: Todavia, é dessa forma também, que já reiniciamos o repatriamento dos Seres Vivos para Jerusalém - a terra prometida -, segundo a soberana vontade De Deus; (1CO.15.45) – POIS ASSIM ESTÁ ESCRITO:(AP.18.10)– AI! AI! TU, GRANDE CIDADE, BABILÔNIA, TU PODEROSA CIDADE !, POIS EM UMA HORA, CHEGOU O TEU JUIZO:(2CO.10.7)–OBSERVAI O QUE ESTÁ EVIDENTE, no âmago dessa parábola: (JR.50.46) – AO ESTRONDO DA TOMADA DE BABILÔNIA, ESTREMECEU A TERRA; E O GRITO SE OUVIU ENTRE AS NAÇÕES
(São 72 letras e 4 sinais que gritam):
DEUS TESTOU A GENTE NA VIDA ETERNA DE SÁBIO, E EU TESTO O CORAÇÃO SEM AMOR:
ARNALDO RIBEIRO

 
On 3 de janeiro de 2011 14:31 , Arnaldo Ribeiro disse...

JESUS CRISTO LIVRA A FAMILIA TERRENA DO MAL DO ABORTO COM O PODER DA FÉ: (ES.57.2) - (LE.6.1) – Há um mal que vi debaixo do sol, e que pesa sobre os homens: (DT.13.11) – E todo o Israel ouvirá e temerá, e não se tornará a praticar maldade como esta no meio de ti; (JR.15.5) – pois quem compadeceria de ti, ó Jerusalém? (LE.5.18) – Eis o que eu vi: (EC.25.26) – Toda a malicia é leve em comparação da malicia da mulher, sobre ela caia a sorte dos pecadores: (ÊX.32.31) - Ora, o povo cometeu grande pecado, fazendo para si deuses de ouro: (SL.57.2) – Clamarei ao Deus Altíssimo, ao Deus que por mim tudo executa: (LM.2.20) – Vê, Senhor, e considera a quem fizeste assim! Hão de as mulheres comer o fruto do seu carinho? Ou se matará no santuário do Senhor, o sacerdote e o profeta? (JÓ.10.18) porque, pois, me tiraste da madre? Ah! Se eu morresse antes que olhos nenhuns me vissem; (JÓ.81.16) – ou, como um aborto oculto, eu não existi ria, como crianças que nunca viram a luz:(JÓ.5.4)–Os seus filhos estão longe do socorro, são espezinhados as portas e não há quem os livre: (LE.8.11) – Visto como não se executa logo a sentença sobre a má obra, o coração dos filhos dos homens está inteiramente disposto a praticar o mal: (HC.2.2) – O Senhor me respondeu e disse: (IS.7.7.) – Isto não subsistirá nem tampouco acontecerá: (ÊX.23.26) – Na tua terra não haverá mulher que aborte, completarei o numero dos teus dias; (1CO.15.45) – pois assim está escrito:(AR.916.64)

(Na pagina 156 da Bibliogênese: São 973 letras e 56 sinais que revelam isto):

Eu sou o Espírito do Senhor Deus, do vosso Pai Eterno, que testei as almas dos filhos de Adão e Eva na minha Lei, e que hoje diz a verdade aos Homens e as Mulheres, na ação de um Santo Profeta que crê, ama, luta e tem falado por mim: Escutai, entendei, amai e lutai; pois haverá bom futuro no Homem que se faz filho do amor, e que se levanta como esse Ser Espiritual iluminado, como o Cristo: Agora existe outro Cristo com o poder do seu Deus, e não haverá mais a malicia do diabo, nem o abominável mal do aborto; porque aqui o Filho do Homem decreta e promulga esta sentença na Santa Lei de Deus: Quem praticar o aborto na obra da criação, cometerá uma loucura e um pecado imperdoável, pois o aborto provocado será considerado como crime de morte na terra do futuro povo Cristão: Então, tanto os homens como as mulheres já passaram a ser pecadores conscientes à luz do saber de Israel, e também não poderão escapar da mão do Senhor, como execu-tores desse crime: Testemunhai que Cristo veio ensinar aos Cristãos como executar as nossas leis e estatutos, e a espiritualizar as almas das crianças, ao ler à si: O Senhor Deus provou aos Homens e às Mulheres que eu existo como o Cristo? E seguireis o nosso Espírito que não mor-rerá? (IL.973.56)

 
Related Posts with Thumbnails