segunda-feira, junho 09, 2008 | Autor: Ebenézer Teles Borges
Fé, palavrinha corriqueira de efeito raro; pequena na forma, grande na pretensão - monossílabo que move montanhas! Não sei o que é fé; sei o que são montanhas.

Montanhas, conheço-as bem. Meus pais moraram na Serra da Mantiqueira, no sul de Minas. Saudades... Hoje, vou com freqüência ao litoral, transpondo a majestosa Serra do Mar. Nesta serra, a engenharia humana escavou extensos e formidáveis túneis, mas as montanhas ainda estão lá – firmes, imponentes, impassíveis.

Não sei o que é fé. Sei, sim, o que são montanhas.

Já tive a oportunidade de conviver com pessoas detentoras de fé. Diferentemente de mim, tais pessoas pareciam possuir a capacidade de ver o invisível e tocar o intangível. Pus-me, então, a observá-las, na esperança se ser agraciado com fé semelhante.

O tempo passou... Não sei se observei o bastante. É possível que, além de me faltar fé, faltou-me também paciência...

O que pude constatar é que essas pessoas, que me pareciam ter fé, diziam confiar em Deus, na esperança de que tudo desse certo. Porém, ficavam "vigiando" como se nEle não confiassem.

Seria isso fé? Não sei. Estou confuso.

Alguns dicionários definem fé como "confiança absoluta em alguém ou em algo". Essa confiança absoluta, devo confessar, não enxerguei naqueles que, por algum tempo, observei.

Mas não descarto a possibilidade do problema residir em mim, e não neles. Sofro de miopia física e uso lentes corretivas. Talvez também sofra de igual enfermidade no campo espiritual...

Enfim, não sei o que é fé... Talvez também não saiba o que são montanhas...

Referências:

1. Imagem Inicial - Dedo de Deus, na Serra do Órgãos

Categoria: , , |
Acompanhe as postagens desse blog por meio de RSS 2.0 feed. Você pode deixar uma resposta ou comentário de seu próprio site.

4 comentários:

On 10 de junho de 2008 00:26 , Ricardo Cluk disse...

Fé é acreditar na proteção divina. Aquela que anda no cinto de um policial, dentro no coldre.

Fé é acreditar na cura pela oração. Na oração que conduza as mãos de um médico experiente, que tenha dedicado sua vida aos estudos da medicina. Daí, se o tal for bem sucedido, agradeça a Deus, o médico dos médicos. Quanto ao ser humano por traz do “milagre”? Deixa pra lá, ele foi apenas um instrumento.

Fé é acreditar que se pode transpor montanhas. Eu mesmo há algumas semanas transpus várias montanhas indo e voltando de Natal (RN). Sou um homem de muita fé.

 
On 10 de junho de 2008 09:24 , CONVICTOS OU ALIENADOS? disse...

Não sei se tenho problemas de visão. Confesso que NÃO tenho essa fé de que tanto se fala. Por outro lado sou sincero: estou para ver alguém que tenha tal fé (cegueira?).

Vejo pessoas que dizem e que pensam que têm fé. Se possuem por que vivem assim?

Sou cego ou a fé é invisível? Ou a fé existe, mas é invisível naqueles que a exercitam

Sei lá...

 
On 10 de junho de 2008 12:44 , Cleiton Heredia disse...

Houve um tempo em que eu pensava ser um homem de fé, mas hoje entendo que fui apenas mais uma pessoa religiosa, presa a dogmas, cheia de preconceitos, acreditando fazer parte de um povo especial (remanescente) que atuava como guardião de verdades imprecindíveis.

Atualmente continuo fazendo parte de uma comunidade religiosa, mas decepciono-me a cada instante ao perceber quão teóricos são seus conceitos e quão infrutífero é aquilo que eles denominam de fé.

Entendo que fé, seja lá o que for, deveria ser antes de tudo coerente com aquilo que crê.

Quando meus filhos eram menores e ainda não sabiam nadar, lembro-me de como saltavam confiantes e sorridentes na parte mais funda da piscina simplesmente porque eu estava lá dentro para pega-los no colo.

Caso eu não os segurasse, certamente morreriam afogados, mas eles nem sequer cogitavam tal possibilidade. Pulavam sem receio porque lá estava alguém em que eles confiavam ao ponto de arriscarem suas próprias vidas numa inocente brincadeira.

E porque confiavam? Acredito que é por terem absoluta certeza do meu interesse e amor por eles.

Para mim isto é fé!

 
On 15 de junho de 2008 18:29 , Edleuza. disse...

"Não sei o que é fé. Sei o que são montanhas..."
Reflexão maravilhosa.

 
Related Posts with Thumbnails